VAMOS TER UM ARMÁRIO MAIS SUSTENTÁVEL? SIM, VAMOS!

Esse post foi totalmente inspirado por uma publicação do site UASZ.

Aqui no blog eu compartilho muitos dos meus ideais, falo sobre coisas em que acredito e garanto que vai ser sempre assim! Anos atrás, eu costumava pensar que cuidar do meio ambiente era somente não jogar lixo no chão, consumir água e alimentos de maneira consciente e contribuir com a diminuição da poluição do ar, andando mais de ônibus e bicicleta. Atualmente aprendi que vai muito além disso! Somos praticamente máquinas de poluição pensantes! E estou aqui pra te ajudar a pensar de maneira mais consciente!

Fique ligado! Fique atento à todos os detalhes ao seu redor!

Então vamos falar sobre um assunto recorrente aqui do blog: ROUPAS! Mais especificamente, como ter um armário mais consciente e prático!

c0ee3d024a95ca7203a505e78c478d78

Segue aqui algumas dicas:

AVALIE O QUE VOCÊ JÁ TEM

Tire todas as roupas do seu guarda-roupas e avalie uma por uma (Sei que dá trabalho, mas vai valer a pena!). E questione:

  • Eu me sinto bem vestindo essa peça?
  • Eu consigo usar essa peça em diferentes situações?
  • Eu consigo combinar essa peça com outras no meu armário? (é legal pensar que cada peça que a gente tem deve combinar com pelo menos três outras, montando looks bem diferentes entre si).
  • Essa peça vai continuar sendo bonita em 1, 2, 5 anos?

Comece a fazer esse exercício mental, e ele vai te ajudar até na hora de escolher novas peças quando for comprar!

VOCÊ NÃO PRECISA DE UMA PEÇA NOVA TODO MÊS

Se você está fazendo isso, dá um time!? Use mais sua criatividade do que o seu cartão, você não precisa ter um guarda-roupas amarrotado de roupas, e sim um divertido, funcional e prático! Eventualmente vai precisar de alguma peça nova, seja um vestido, um jeans ou umas blusas.

6ba2e3392106185e957b2fbf450ddc45

COMPRE MENOS E SEJA MAIS COERENTE

Ser coerente significa ser consciente, racional!

E a dica é: compre menos! Simples assim! Pois para ter um guarda-roupas consciente você não precisa ter um monte de roupas e não usá-las! Então aproveite e faça uma limpa no seu guarda-roupas. Doe, troque com os amigos(as), e faça do espaço que tem nele, algo mais fácil para você mesmo! É por isso que estou aderindo ao minimalismo, pois esse novo conceito te ajuda a dar uma freada, a ser mais racional e entender que cada peça tem valor, tem história e passou por um grande processo até chegar em minhas mãos!

Inside A Garment Factory As Government Plans To Constitute Panel To Identify Structural Safety Of Garment Factories.

O PRODUTO MAIS VERDE É AQUELE QUE JÁ EXISTE

Ahh, eu ❤ brechós e não tenho preconceito não! Vou em vários de todos os tipos e encontro cada peça in-crí-vel! E comprar peças usadas é muito mais ecológico porque já foi produzida, e gente economiza embalagem e recursos simplesmente por colocar pra uso algo que ficaria parado ou iria ser descartado. Ah! E sem falar no din din, né? Economia purinha do seu rico dinheiro pra você gastar em outras coisas.

Brechó1

PROCURE POR QUALIDADE SEMPRE

A gente sempre fala pra buscar roupas de qualidade, mas como faz isso na prática? Calma que eu te explico! É bem simples. Por exemplo: vire a peça do avesso e veja se a costura está bem feita, se não tem nenhum fio solto. Quando o avesso é embutido, todo bonito como se nem estivesse do avesso, é sinal de super cuidado. Outra coisa pra prestar atenção: tecidos muito fininhos ou tricôs de costuras mais abertas costumam estragar rápido se você não lavar na mão.

Às vezes, qualidade é mandar fazer roupas. Aquela costureira caprichosa que faz tudo direitinho, com molde e costura embutida, pode fazer uma blusa que vai durar muito mais. E, claro, marcas menores que investem no slow fashion tem mais qualidade do que as fast fashion que fazem tudo às pressas e com metas malucas e muitas vezes desumanas.

SE RESPONSABILIZE PELO DEPOIS

Como disse acima, uma peça tem muito valor! Sua produção muitas vezes pode ser cara (humana e ecologicamente falando) e é por isso que temos que pensar bem antes de comprar, porque no Brasil não temos reciclagem de tecido, isso significa que as roupas que não são mais usadas vão pros aterros sanitários sem chance de reciclagem. E por isso minha gente, que tenho batido tanto nessa tecla, pois é possível diminuir os impactos causados pela produção desenfreada de lixo têxtil, podendo compensar todo o custo ambiental da produção e tingimento do tecido, do transporte, manufatura, lavagens, entre outros processos.

Luxo-lixo-1

Estamos conversados? Rsrs.

Portanto, ter um guarda-roupas sustentável é ter aquilo que você vai usar e usar tudo aquilo que você tiver. É cuidar, questionar e se preocupar.

Vamos ajudar nosso planeta!

Flowernatic here ❤

(fonte: uasz.com.br)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s